Siga por e-mail

Seguidores

sábado, 31 de março de 2012

Baba Yaga




Deusa Baba Yaga ou Baba Yakha

Baba yakha ou Baba yaga(pronunciado: bah-bye'yegg-ah
é, na Mitologia Eslava, a mulher selvagem, a dama escura 
e amante da magia. Ela é também vista como um espírito
 de floresta, levando os jarros de bebidas espirituosas.
 A palavra Baba nas línguas eslavas mais significa uma
 mulher mais antiga ou casada de classe social inferior
 ou simplesmente uma avó.
Na tradição das bruxarias, ela é oKoronowo, 
a guardiã da sabedoria. Nas tradições africanas
 ela é IYA – AGBArepresentando as anciãs, 
pessoas de idade, mães idosas e respeitáveis.
Quando ela aparece, é dito que um vento selvagem 

começa a soprar entre as árvores. Gargalhadas e lamentações
 se ouvem, alguns jarros de bebidas espirituosas frequentemente
 flutuam à acompanhá-la.






















Nos contos russos, Baba Yakha é apresentada como uma bruxa 
que voa através do ar em um pilão de madeira, usando uma
 vassoura como um leme de direção . Ela vive em uma cabana que
 se move em um par pernas de galinha, sempre mudando de
 lugar para não ser encontrada.
A fechadura de sua porta é uma boca preenchida com dentes afiados; 
o limite de fora ( sua cerca) é feito com ossos humanos e com crânios
 na parte superior. Nas lendas a casa não abre a porta até que é dito 
uma frase mágica. Existem três cavaleiros que partem de sua casa,
 um branco, um vermelho e um negro. Eles representam amanhecer, 
meio- dia e meia-noite respectivamente e demonstram o controlo de
 Baba Yakka sobre o próprio tempo.
































Algumas pessoas, que se encontrem com ela ou achem sua cabana,
 podem ter as perguntas mais profundas respondidas por BabaYakka ,
 desde que sejam honestos e puros do coração. Mas caso contrario serão
 devorados por ela (adultos, crianças e similares).
O conto mais popular de Baba Yakka é ‘ Vasalisa a bela ’: 
Vasalisa sai na floresta, a procura de fogo para aquecer sopa para 
sua mãe doente. Baba Yakka a encontra na floresta e exige que
 ela execute tarefas aparentemente impossíveis (tais como separar
 e contar todas as sementes de papoulas de um campo imenso) em troca
da chama para aquecer a sopa. Vasalisa possuía uma boneca magica, 
feita de palha de milho que trazia no bolso e que conclui as tarefas
 impossíveis para ela.
Em um nível simbólico, Vasalisa retrata a inocência de camponesa

 e sua boneca representa o espírito intuitivo e força de fé, 
enquanto Baba Yakka representa a força e sensatez da idade.
Baba Yahga é a eterna mulher Selvagem da cabana, a idosa, que viu

 tudo e que sofreu tudo. Ela nos chama , exigir de nós que deixemos
 nossa inocência primaria e ingenuidade para trás, e à usarmos seus 
ensinamentos para aumentar os poderes mágicos.
Para a mulher entender Baba Yaga é abraçar a menopausa, 
sabedoria, liberdade, a dança dos mistérios, envolvimento, tempo, 
extasia, nascimento, morte, rituais, banimento e cerimonias de capacitação.
Como “mãe dos ossos” inicialmente ela era Baba do Leste Europeu.
 O outono é sua temporada onde se colhe o último feixes de milho.
 A mulher que consumi-los, poderia engravidar no prazo de um ano. 
Baba tornou-se a Baba Yaga da Rússia. Ela viveu profundamente 
dentro de uma floresta de vidoeiro. Sua casa foi cercada por
 estacas com crânios humanos. Baba Yaga tornou-se o estereótipo
 da bruxa malvada que come crianças e homens
causa medo e terror com suas mortes e canibalismo.


Mas olhando mais atentamente, ela não é apenas uma deusa 
do submundo, mas também a guardiã da fonte das águas da
 vida.Baba Yaga é não só a deusa da morte, mas também a deusa
 da vida. Na madrugada, um Cavaleiro brancodeixa a sua residência. 
Quando chega às 12 h 00, um Cavaleiro vermelhodeixa a sua residência. 
E por último, no crepúsculo, um Cavaleiro pretodeixa residência
 apenas para que o ciclo de iniciar novamente outro amanhecer. 
Os sinais de ser uma deusa tripla permanecem.
A linhagem da Baba Yaga não é conhecida. Quando perguntado como

 ela se sente sobre ser comparada uma velha do mal, avó do diabo, 
uma bruxa demoníaca, Baba Yaga explica, que ela existe e é
 mantida viva nessa aparência para prestar seus serviços mágicos
 às bruxas e magos. Baba Yaga considera que esta imagem
 mantém muitos do indesejados do lado de fora dos mistérios mágicos. 
Escritores falam somente de seu lado mal, também se deveria falar
 do seu lado bom fornecendo sabedoria. Baba Yaga é deusa uma mulher 
e associada não só com a sabedoria, mas também com a floresta. Ela é
 considerada uma mulher antiga sensata, mesmo por aqueles que receiam
 seus terríveis feitiços.
Baba yakha é uma deusa Koronowo, ( deusa de sabedoria)

 portanto, é preferível chama-la para banir rituais. 
É fácil inclui-la nos seus feitiços e rituais. 
Coloque um pilão de madeira no seu altar para representa-la. 
Grave velas brancas, vermelhas e pretas, com um símbolo de crânio.
Baba yakha consegue banir traços indesejados de comportamentos.

Ela também é uma maravilhosa deusa usar durante
 Feitiços capacitação. Durante a Lua cheia vestir suas 
cores e gritar esta afirmação, "Sou uma bruxa (o). 
Tenho poderes para alterar as coisas, que não me
 agradam na minha vida. Eu já não oculto minhas crenças e
 talentos para proteger outros. Falo alto. Eu gosto todas as formas
 e bruxas(os) que sou." Tenho o poder livre para alterá-la para atender seus fins.
Baba yakha seja meu guia do saber e verdade da deusa. 

Esta meditação melhor é feita durante a Lua escura
É um meditação solitária, melhor feita completamente sozinho. 
Se quiser trace um um círculo de poder ou apenas se mantenha
 confortável na posição de meditação.. Certifique-se que a sala está
 escura e você não será perturbado. Agora vamos começar.
Você entrou em uma espessa floresta. Você encontra uma 

abertura entre as árvores. Você encontra a casa da deusa Baba yakha.
 A cerca é feita de ossos e com crânios humanos. As casa dança nas pernas de galinha.
 É uma visão aterradora, mas nada a temer. Você tem que chegar a
 porta e tocar o sino para ela. Em uma voz tenebrosa ela pergunta o 
que você deseja? Com o coração puro você diz seu nome. Ela voa fora de
 sua casa em seu pilão para saudar a você. Como você se sente? 
Quais são as suas impressões? Baba yakha o aborda com seu olhar 
profundo e gélido e pede para você entrar em seu pilão para um passeio. Você hesita? Vá com ela! Voe através do ar no pilão com yakha Baba. Tome nota para
 onde ela o leva, e o que ela avisa a você. Divirta-se a sensação de
 voar! Baba yakha saberá quando é tempo de voltar. Quando você
 retornar a sua casa, não se esqueça de agradecer-lhe e dar-lhe uma
 dádiva. Ela lhe dará um dom! Você sabe o caminho de volta através
 da floresta. Agora você sabe qual a forma de poder visitar 
yakha Baba, quando necessário.

Texto: Valdir Callegari,


Requiem - Ritual Wiccano

 
PREPARAÇÃO 


A decoração do círculo e do altar para um Réquiem será, neste caso, uma questão de gosto pessoal, dependendo das circunstâncias, da época do ano e do caráter do amigo que está sendo lembrado, bem como das associações com ele feitas.
Deposita-se ao lado do altar uma pequena tigela de louça (um caneco ou xícara com asa é o mais adequado) com um cordel prateado a ela atado; é preciso dispor também de um martelo para quebrar o pequeno recipiente e um pano para embrulhá-lo.
Para a Lenda da Descida da Deusa deve-se deixar à disposição, próximos do altar, jóias e um véu, bem como uma coroa para o Senhor do Mundo Subterrâneo. Também à disposição sobre o altar deve haver um colar.
















O RITUAL
O Ritual de abertura deve ser realizado como sempre até o fim da invocação do Deus Cernunnos. A Grã Sacerdotisa e o Sacerdote, em seguida, encaram os membros do coven de diante do altar.


A sacerdotisa diz:


NÓS NOS REUNIMOS HOJE EM MEIO À TRISTEZA E ALEGRIA. ESTAMOS TRISTES PORQUE UM CAPÍTULO SE ENCERROU E, NO ENTANTO, ESTAMOS JUBIOLOSOS PORQUE, COM O ENCERRAMENTO, UM NOVO CAPÍTULO PODE COMEÇAR.
NÓS NOS REUNIMOS PARA MARCAR O PASSAMENTO DE NOSSA AMADA IRMÃ ..................... PARA QUEM ESTA ENCARNAÇÃO FINDOU. ESTAMOS REUNIDOS PARA CONFIÁ-LA AO ZELO DA BENÇÃO DO DEUS E DA DEUSA, PARA QUE ELA POSSA REPOUSAR, ISENTA DE ILUSÃO OU TRISTEZA ATÉ QUE ADVENHA O TEMPO DE SEU RENASCIMENTO NESTE MUNDO. E SABENDO QUE ISSO SERÁ, SABEMOS TAMBÉM QUE A TRISTEZA NÃO É NADA E QUE O JUBILO É TUDO.


O Sacerdote permanece em seu lugar e a Sacerdotisa conduz o coven numa dança em espiral, lentamente fechando o círculo num sentido anti-horário, mas não o fechando de maneira demasiada.




O Sacerdote diz:


NÓS TE CONVOCAMOS, MÃE SOMBRIA E ESTÉRIL, TU PARA QUE TODA A VIDA MANIFESTA CUMPRE RETORNAR ADVINDO SEU TEMPO; MÃE SOMBRIA DA TRANQUILIDADE E DO REPOUSO, ANTE QUEM OS HOMENS TREMEM PORQUE FALTA-LHES A COMPREENSÃO DE TI. NÓS TE CONVOCAMOS, QUE É TAMBÉM HÉCATE DA LUA MINGUANTE, SENHORA SOMBRIA DA SABEDORIA, QUE OS HOMENS TEMEM PORQUE TUA SABEDORIA SE ELEVA ACIMA DA DELES. NÓS, OS FILHOS OCULTOS DA DEUSA, SABEMOS QUE NADA HÁ A TEMER EM TEU ABRAÇO, DO QUAL NINGUÉM ESCAPA; QUE QUANDO ENTRAMOS EM TUA ESCURIDÃO, COMO DEVEM TODOS, SERÁ COMO ENTRAR NOVAMENTE NA LUZ. ASSIM, COM AMOR E SEM TEMOR, CONFIAMOS A TI ...................... NOSSA IRMÃ. TOMA-A, PROTEGE-A, NORTEIA-A, ADMITA-A À PAZ DE SUMMERLAND, QUE SE ENCONTRAM ENTRE A VIDA E A VIDA. E SABE COMO SABES TODAS AS COISAS, QUE NOSSO AMOR COM ELA VAI.
O sacerdote apanha a tigela, o cordel, o martelo e o pano. A dança cessa e os membros se afastam a fim de admitir o Sacerdote no centro da espiral, onde ele deposita o pano sobre o chão e a tigela sobre o pano. Em seguida, dá a extremidade livre do cordel à Donzela.


A sacerdotisa diz:


SOLTE-SE O CORDEL PRATEADO, OU SE QUEBRE A TIGELA DOURADA, OU SE QUEBRE O CÂNTARO NA FONTE, OU SE QUEBRE NA CISTERNA E ENTÃO O PÓ RETORNARÁ A TERRA COMO ERA, E O ESPÍRITO RETORNARÁ À DEUSA QUE O CONCEDEU.
O sacerdote desata o cordel prateado e a Donzela o colhe. O Sacerdote embrulha então a tigela com o pano e a quebra com o martelo. A seguir recoloca o pano dobrado com os fragmentos da tigela e o martelo ao lado do altar.
O Coven retorna, fechando novamente o círculo.
A Donzela carrega o cordel prateado e durante a invocação que se segue, movendo-se em sentido horário em torno do círculo, o oferece primeiramente aos senhores das Atalaias do Oeste (Senhores da Morte e da Iniciação), depois aos Senhores das Atalaias do Leste (senhores do Renascimento). Em seguida, ela deposita o cordel no chão diante da vela do leste e se reúne ao Sacerdote, junto ao altar (movendo-se sempre em sentido horário).
Enquanto isso, a Sacerdotisa dirige-se novamente a dança, repetindo o movimento de volta em sentido horário, a fim de desfazer a espiral até que se torne mais uma vez um círculo completo, continuando a se mover em sentido horário.
Logo depois de recolocar o pano e o martelo ao lado do altar, o Sacerdote encara o coven e diz:
NÓS TE CONVOCAMOS, AIMA, MÃE LUMINOSA E FÉRTIL, TU ÉS O ÚTERO DO RENASCIMENTO, DE QUEM TODA VIDA MANIFESTA PROCEDE E EM CUJO SEIO QUE JORRA TODOS SÃO NUTRIDOS.
NÓS TE CONVOCAMOS, QUE É TAMBÉM PERSÉFONE DA LUA CRESCENTE, SENHORA DA PRIMAVERA E DE TODAS AS COISA NOVAS.
A TI CONFIAMOS .............., NOSSA IRMÃ. TOMA-A, PROTEGE-A, NORTEIA-A; A CONDUZ NA PLENITUDE DO TEMPO A UM NOVO NASCIMENTO E UMA NOVA VIDA. E CONCEDE QUE, NESSA NOVA VIDA, ELA POSSA SER AMADA NOVAMENTE, COMO NÓS, SEUS IRMÃOS E IRMÃS, A AMAMOS.
O Sacerdote e a Donzela juntam-se novamente ao coven, que desenvolve um movimento circular e a sacerdotisa inicia a Runa das feiticeiras, os demais se unindo a ela. Finda a runa, a Sacerdotisa ordena:
AO CHÃO!
Os membros se sentam, formando um círculo olhando para o interior deste. A Sacerdotisa atribui papéis para a Lenda da Descida da Deusa ao Mundo Subterrâneo: o Narrador, A Deusa, O senhor do Mundo Subterrâneo, e o Guardião dos Portais.
A Deusa é adornada com jóias, coberta com véu e fica na borda do círculo ao sudeste. O senhor do Mundo Subterrâneo coloca sua coroa, toma a espada e permanece com suas costas para o altar. O Guardião dos Portais toma seu athame e o cordel vermelho e fica de pé encarando a Deusa.
A LENDA DA DESCIDA DA DEUSA AO MUNDO SUBTERRÂNEO
Narrador:
NOS TEMPOS ANTIGOS, NOSSO SENHOR, O CORNUDO, ERA (E AINDA É) O CONSOLADOR, O CONFORTADOR. MAS OS HOMENS O CONHECIAM COMO O TERRÍVEL SENHOR DAS SOMBRAS, SOLITÁRIO, INFLEXÍVEL E JUSTO. MAS NOSSA SENHORA , A DEUSA RESOLVERIA TODOS OS MISTÉRIOS, ATÉ MESMO O MISTÉRIO DA MORTE; E ASSIM ELA VIAJOU AO MUNDO SUBTERRÂNEO. O GUARDIÃO DOS PORTAIS A DESAFIA:...
O Guardião dos portais desafia a Deusa com seu Athame.


TIRA TUAS VESTES, PÕE DE LADO TUAS JÓIAS POIS NADA TU PODES TRAZER CONTIGO AO INTERIOR DESTA NOSSA TERRA.
A Deusa retira seu véu e as jóias. Nada deve permanecer sobre seu corpo (se o Requiem é realizado com os participantes vestidos, somente o manto simples dela deve permanecer sobre seu corpo). O Guardião então a prende com o cordel vermelho à maneira da iniciação de primeiro grau, com o centro do cordel em torno da frente do pescoço dela e as extremidades passando por seus ombros e indo atar seus pulsos por trás de sua cintura.
ASSIM ELA SE DESPOJOU DE SUAS VESTES E DE SUAS JÓIAS E FOI AMARRADA COMO TODOS OS VIVOS QUE BUSCAM INGRESSAR NOS DOMÍNIOS DA MORTE,
O Guardião dos portais conduz a Deusa perante o Senhor do Mundo Subterrâneo e, depois, se afasta para um lado.
TAL ERA A BELEZA DA DEUSA, QUE A PRÓPRIA MORTE SE AJOELHOU E DEPOSITOU SUA ESPADA E COROA AOS SEUS PÉS.
O Senhor do Mundo Subterrâneo se ajoelha ante a Deusa, deposita sua espada e sua coroa no chão a cada lado dela, e em seguida beija os pés direito e esquerdo dela.
...E BEIJOU SEUS PÉS, DIZENDO: ABENÇOADOS SEJAM TEUS PÉS QUE TE TROUXERAM POR ESTES CAMINHOS. PERMANECE COMIGO, MAS DEIXA QUE EU PONHA MINHAS MÃOS FRIAS SOBRE TEU CORAÇÃO.
O senhor do Mundo Subterrâneo ergue suas mãos, com as palmas para frente e as retém a algumas polegadas do coração da Deusa.
E ELA RESPONDE: EU NÃO TE AMO. POR QUE FAZES TODAS AS COISAS QUE AMO E NAS QUAIS ME COMPRAZO FENECEREM E MORREREM?
O senhor do mundo subterrâneo estende seus braços para baixo, com as palmas das mãos para frente.
SENHORA... - RESPONDEU A MORTE ? TRATA-SE DA IDADE E DA FATALIDADE, CONTRA OS QUAIS SOU IMPOTENTE. A IDADE, O ENVELHECIMENTO LEVA TODAS AS COISAS A DEFINHAREM; MAS, QUANDO OS HOMENS MORREM AO DESFECHO DE SEU TEMPO, CONCEDO-LHE REPOUSO, PAZ E FORÇA PARA QUE POSSAM RETORNAR. MAS TU, TU ÉS LINDA. NÃO RETORNES, PERMANEÇA COMIGO.
MAS ELA RESPONDE: EU NÃO TE AMO!"
O senhor do Mundo subterrâneo se levanta, vai até o altar e pega o açoite. Volta-se para encarar a deusa.
E ENTÃO DIZ: SE NÃO RECEBES MINHAS MÃOS SOBRE TEU CORAÇÃO, TENS QUE TE CURVAR AO AÇOITE DA MORTE.
Ela diz:  É A FATALIDADE - MELHOR ASSIM... e se Ajoelha. E a morte a açoita brandamente.
A deusa se ajoelha encarando o altar. O senhor do mundo subterrâneo aplica-lhe de maneira muito branda três, sete, nove, vinte e um golpes de açoite.
E ela brada: EU CONHEÇO AS AFLIÇÕES DO AMOR!
O Senhor do Mundo Subterrâneo recoloca o açoite no altar, ajuda a deusa a levantar-se e se ajoelha, encarando-a.
E o senhor do mundo subterrâneo diz: SEJAS ABENÇOADA. e lhe dá o beijo quíntuplo dizendo: ASSIM APENAS PODES ATINGIR A ALEGRIA E O CONHECIMENTO.
em seguida, desamarra os pulsos dela, depositando o cordel no chão.
E ELE À  ELA ENSINA TODOS OS SEUS MISTÉRIOS E LHE DÁ O COLAR QUE É O CÍRCULO DO RENASCIMENTO.
O senhor do Mundo Subterrâneo pega o colar no altar e o coloca em torno do pescoço da deusa. A Deusa então, toma a coroa e a recoloca na cabeça do senhor do Mundo Subterrâneo.
E ELA ENSINA A ELE O MISTÉRIO DA TAÇA SAGRADA, QUE É O CALDEIRÃO DO RENASCIMENTO.
O Senhor do Mundo Subterrâneo move-se diante do altar, no extremo leste deste, e a Deusa move-se diante do altar, no extremo oeste deste. A Deusa toma o cálice em ambas as mãos, eles se entreolham e ele coloca ambas as mãos nas dela.
ELES SE AMARAM E SE TORNARAM UM, POIS HÁ TRÊS GRANDES MISTÉRIOS NA VIDA DO HOMEM, E A MAGIA OS CONTROLA A TODOS. PARA REALIZAR O AMOR, TENDES QUE RETORNAR NOVAMENTE AO MESMO TEMPO E NO MESMO LUGAR DAQUELES QUE SÃO OS AMADOS; E TENDES QUE ENCONTRÁ-LOS, CONHECÊ-LOS, LEMBRÁ-LOS E AMÁ-LOS DE NOVO.
O Senhor do Mundo Subterrâneo solta as mãos da Deusa e esta recoloca o cálice no altar. Ele toma o açoite em sua mão esquerda e a espada em sua mão direita e fica na posição do Deus, antebraços cruzados sobre o peito, espada e açoite apontados para cima, com suas costas para o altar.
Ela fica ao lado dele na posição de Deusa, pernas escarranchadas e braços estendidos formando o pentagrama.
MAS PARA RENASCER, TENDES QUE MORRER E SER PREPARADO PARA UM NOVO CORPO. E PARA MORRER TENDES QUE NASCER E SEM AMOR NÃO PODES NASCER.
 E NOSSA DEUSA SEMPRE SE INCLINA PARA O AMOR , E O JÚBILO, E A VENTURA; E ELA PROTEGE E ACARICIA SUAS CRIANÇAS OCULTAS NA VIDA, E NA MORTE MINISTRA O CAMINHO DA COMUNHÃO COM ELA; E MESMO NESTE MUNDO ELA LHES ENSINA O MISTÉRIO DO CÍRCULO MÁGICO, QUE É DISPOSTO ENTRE OS MUNDOS DOS HOMENS E DOS DEUSES.
O senhor do mundo subterrâneo recoloca o açoite, a espada e a coroa sobre o altar junto deste. Isto completa a Lenda e os atores se juntam de novo aos demais membros.
A Grã Sacerdotisa diz:
QUE PARTICIPEMOS AGORA, COMO A DEUSA NOS ENSINOU, DA FESTA DE AMOR DO VINHO DOS BOLOS; E A MEDIDA QUE O FAZEMOS, QUE NOS LEMBREMOS DE NOSSA IRMÃ ..................., COM A QUAL NÓS, TÃO AMIÚDE COMPARTILHAMOS TAL FESTA. E MEDIANTE ESTA COMUNHÃO, NÓS COLOCAMOS AMOROSAMENTE NOSSA IRMÃ NAS MÃOS DA DEUSA.
Todos Dizem:
QUE ASSIM SEJA
O vinho e os bolos são consagrados e passados por todos.
O mais cedo possível, após o Réquiem, os fragmentos da tigela deverão ser ritualmente arremessados num rio, com a tradicional ordem:
RETORNA AOS ELEMENTOS DOS QUAIS VIESTE



Casamento Wiccan (Pulando a Vassoura)




Melhor momento: Sabat de Beltane ou na lua azul (segunda lua cheia no mesmo mês) teremos uma em agosto. Ou em qualquer data que preferir que seja na Lua crescente ou Cheia
Você vai precisar:
Flores da estação, entre elas calêdula
Vestimentas brancas ou pretas
Uma vassoura consagrada (Mantenha junto ao altar)
1 bastão com fitas coloridas (amarelas, brancas, rosa e verde pálido)
1 vela branca do tipo pilar com decoração para casamento
1 cordão de cetim branco,para o altar.
1 sino
2 Guirlandas de Flores do campo/ a dele pode ser de louro se preferir
Não existem o uso e a troca de aliança no casamento pagão só se preferir
1 Caldeirão

Celebração:
(O casamento pagão é celebrado dentro do círculo mágico, vc traça e destraça o círulo no inicio e no final da celebração. Todos os participantes assistem o casamento dentro do círculo e o altar fica de costa para o Norte ou Leste, do qual vcs fiquem de pé em frente para um desses cardeais)
Toque o Sino 3 vezes e diga:
“Hoje estamos reunidos para uma cerimônia de casamento entre( diga seus nomes) diante da Senhora e do Senhor .
O parceiro dirá:
Diante da Senhora e do Senhor, prometo honrar e amar esta mulher, para que sejamos a imagem do Divino, dois que são apenas um.
Você dirá:
Diante da Senhora e do Senhor, prometo amar e honrar este homem, para que sejamos a imagem do Divino, dois que são apenas um.
O Casal levanta as guirlandas de flores diante de cada parceiro, um diante do outro e falam:
“As flores do campo no círculo da vida dão testemunho da alegria do amor e da unidade.”
Troquem de guirlanda um colocando na cabeça do outro..
Agora peguem o bastão e o cordão, segurem o bastão com fitas entre vcs, peça para alguém passar o cordão branco de cetim em volta da suas mãos, como se estivesse entrelaçado-as. (Isso é as alianças)
Vocês devem dizer um para o outro, um por vez:
“Com o bastão da vida, comprometo-me com você pelos laços do matrimônio. Que haja sempre a alegria entre nós enquanto vivermos juntos em perfeito amor e perfeita confiança.”
Remova o cordão e deposite o bastão sobre o altar.
(No caso de quererem trocar alianças, façam agora... dizendo um de cada vez em quanto coloca a aliança no dedo um do outro:
“Esta aliança é o símbolo do amor e da honra que eu lhe dedico. Com este círculo eu me uno a quem eu amo.”)
Caso contrário, não querendo trocar alianças dêem continuidade a celebração.
O casal acende a vela e coloca dentro do caldeirão no altar ( se não tiver caldeirão, pode ser uma panela de barro)
E o celebrante no caso vc, pois acho que vc não terá nenhuma sacerdotisa que celebre o casamento... se tiver me avise, então vc ou a sacerdotisa deve dizer:
“Diante da Senhora e do Senhor, diante dos Elementais, diante de nossos amigos e de nossa família, estamos nos casando, Dois se tornarão apenas um. Que assim seja e assim se faça!”
Em seguida vc pulam a vassoura um de cada vez segurada por um membro do círculo( o ato de pular a vassoura, trás prosperidade para o casamento).
Vc ou a celebrante diz:
“Que a Senhora e o Senhor os (ou nos)abençoem e os (ou nos) conservem em seu (nosso) amor. Que eles os inundem com sua bondade e ambos produzam os frutos do caldeirão da vida.”
Toque o sino 3 vezes
SE beijem
Destrace o círculo

Hora do bolo
O que servir num casamento pagão?
Bolo branco
Champanhe envelhecida ou não
Frutas e nozes, salgados e doces
Geralmente é feito agora a dança em volta do mastro.
Mas não é obrigatório
O cordão é guardado pela bruxa, e em caso de divorcio, é queimado por ela dentro de um caldeirão para desfazer a união.

CAIXA DO SUCESSO



Para aumentar seu poder diante de pessoas importantes envolvidas em assuntos profissionais de seu interesse, faça o seguinte talismã:
Encontre uma caixinha de madeira bem pequena e coloque dentro uma folha de louro e um citrino.
Feche-a e despeje sobre ela 3 gotas de lima. Está pronta a sua caixa do sucesso.
Leve-a com você sempre que quiser um "auxílio extra" para assuntos de sorte e prosperidade

Cromoterapia


A MAGIA DAS CORES




O nosso mundo material é constituido de formas e cores, a cor é uma força cósmica, vital e a forma externa é somente a reprodução material de um corpo espiritual. Uma cor é essencialmente uma manifestação material da realidade espiritual, que se dá na presença da "Luz". A luz é algo que nossos olhos não podem ver, mas que torna visísel toda a matéria. A luz do Sol ( ou artificial ), ilumina as formas e nossos olhos captam os reflexos dessa luz transmitindo através dos nossos olhos as formas e cores que são interpretadas por nosso cérebro.
As cores primárias são três : Amarelo, Azul e Vermelho, todas as demais resultam de misturas das cores primárias como por exemplo :
Azul +Vermelho = Violeta,
Vermelho + Amarelo = Laranja,
Azul + Amarelo = Verde.
As misturas de todas essas cores, resultam nos mais diversos tons e matizes que colorem o nosso mundo visível, existem ainda outras cores como o infravermelho e o ultravioleta que só podem ser distinguidos por meios adequados e em laboratórios, pois de todas as cores presentes na natureza o olho humano só pode perceber um pequeno espectro. Já, outros animais, têm seus olhos adaptados para perceber diversos outros espectros, como por exemplo as abelhas que se orientam pela cor ultravioleta para localizar determinada flôr, o verde das folhas, é no entando, percebido por ela como incolor .
Na era moderma um dos pioneiros nos estudos da cromatologia foi o Dr. Edwin Babbit, autor do livro " Principles of Light and Colour", no qual escreveu " Em um quarto escuro, e de olhos fechados, comecei a ver a formação do meu (ser) íntimo e depois de alguns meses estava em condições de perceber maravilhosas luzes e cores, que nehuma linguagem poderá descrever"
A "Cor" da qual estaremos falando, trata-se da manifestação da "Luz" como energia e que portanto pode ser percebida até no escuro, desde que a pessoa esteja devidamente preparada para sentir as vibraçõs no seu íntimo, em infinitas radiações e fluxos de correntes luminosas. São essas vibrações, radiações e fluxos de energias, que irão atuar na aura daqueles que se submetem à uma terapia pelas cores, através dos chakras e meridianos, equilibrando os seus corpos, etérico e físico.
Edgar Cayce, um místico americano de Virginia Beach, quando criança, podia ver a aura completa em torno das pessoas, como um arco-iris de cores e luzes que as envolvia, e admirou-se ao saber que os outros não a viam igualmente.
A aplicação terapêutica das cores é denominada cromoterapia e era utilizada há muito tempo pelos antigos egípcios que já possuiam uma perfeita psicologia das cores. Conheciam a natureza e formação das cores e em seus templos preparavam locais onde doentes da mente e do corpo eram submetidos à cromoterapia.
Arqueólogos encontraram evidências convincentes de que certos aposentos nas pirâmides, tinham sido construídos de forma tal que permitiam a entrada dos raios solares e de que estes eram decompostoas nas sete cores do espectro. Os "médicos" diagnosticavam que cor ou cores faltavam na aura do indivíduo, enviavam-no então ao aposento apropriado onde absorveria o raio ou raios coloridos necessários à recuperação de sua saúde.
Esses conceitos eram conhecidos desde os tempos mais remotos. Em todas as culturas, observa-se o estudo das cores e podemos encontrá-lo associado à diversas práticas esotéricas, como o Feng Shui, Cristrais, Astrologia, etc.
As cores podem ser utilisadas em diversas áreas, com resultados espantosos. Apenas recentemente seu poder começa a ser reconhecido por médicos, psiquiátras, o mundo da moda, marketing, etc. Isto porquê as cores têm uma linguagem própria, que fala diretamente ao nosso íntimo e às nossas emoções podendo influenciar todos os ramos de nossa vida, tais como : sucesso nos negócios, na vida familiar, na vida sentimental, na saúde, no emprego, etc.
De acordo com as propriedades terapêuticas as cores são divididas em três grupos :
Estimulantes : Vermelho, amarelo e laranja.
Calmantes : Indigo, Azul ( tons claros ) e violeta.
Equilibrante : Verde.
PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS DAS CORES
VERMELHO : Símbolo de energia e vitalidade. Estimula o sangue e libera a adrenalina. Combate resfriados sem frebre. Alivia o cansaço e ameniza dores reumáticas. Aumenta a sexualidade, esta cor é extremamente estimulante e seu uso é recomendado para pequenos períodos de tempo.
AMARELO : Transmite alegria e atrai a atenção, estimula o sistema nervoso central, contribui para a regeneração dos ossos , bom para prisão de ventre, potencializa o fósforo e o sódio. Estimula o intelecto. Não é recomendada para quem deseja estar só.
LARANJA : Estimula o sistema respiratório, fixa o cálcio. Tonifica e combate a fadiga. Aumenta o otimismo. Proporciona descontração, causa serenidade, libera as expressões e é antidepressiva.
INDIGO : Atua diretamente na corrente sanguínea, tem ação coagulante quando usada em casos de ferimentos e sangramentos em geral. Estimula os sentidos e aumenta a intuição. Transmite tranquilidade e serenidade. É relaxante e permite as aproximações.
AZUL: Indicada nas infecções com febre, tem efeito calmante e analgésico. Atua no sistema nervoso, vásos sanguíneos , artérias e sistema muscular. Reduz o egoismo e atrai a harmonia. Proporciona uma aparência jovial e tem efeito calmante nas tensões nervosas.
VIOLETA : Atua no sistema respiratório, nos casos de pneumonia, tosse, e asma. Nas Irritações da pele e dores ciáticas. Tem ação calmante e depurativa do sangue, elima toxinas e estimula a produção de leucócitos. Reduz o medo, a ansiedade e as angústias, diminui a irritação e estabelece um envolvimento de paz e amor. Estimula a espiritualidade e reduz as preocupações. Boa para a concentração , meditação e orações.
VERDE: Atua no sistema endócrino, favorecendo o equilíbrio hormonal. Estimula o aparelho digestivo. Tem ação refrescante e anti-infecciosa. Combate a insônia. É considerada a cor da aura, permite o equilíbrio mental e espiritual, proporcionando uma condição para um julgamento claro, criando uma atmosfera propícia para uma ampla análise de situações.
CROMOTERAPIA PRÁTICA
A cromoterapia pode ser aplicada no dia a dia, afim de obter equilíbrio ou estímulos, mental, espiritual e emocional , apenas com o uso de roupas nas cores adequadas, para atrair determinado tipo de vibração.
Uma das formas de se aplicar a cromoterapia, para solucionar problemas de saúde, é com a utilização da água energizada. Identifique a sua carência de cor na tabela das "Propriedades Terapêuticas" e siga as recomendações abaixo:
Use copos de cristal, ou vidro ( os de cristal são mais eficazes ).
Encha um copo com água potável, envolva-o em papel celofane da cor que se necessita, tampe para evitar insetos e impurezas. Deixe o copo exposto ao sol durante todo o dia, (mesmo que o dia esteja nublado) no final da tarde, recolha o copo e esta água estará energizada com a cor escolhida, deixe esfriar (Não coloque na geladeira) e ela estará pronta para ser bebida.
Você notará uma diferença revigorante no sabor da água energizada, muitos afirmam que tem sabor de água fresca tirada de uma fonte
Repita o tratamento até notar que o problema foi resolvido, normalmente, nos casos mais simples, isso acontece num prazo de 7 (sete ) dias
Obs : Esta terapia não tem contra-indicações e pode ser utilizada tanto por adultos como por crianças. Não recomendamos suspender as medicações que eventualmente se estejam tomando, sejam alopatas sejam homeopatas, pois a cromoterapia atua em outro nível. Aconselhamos que o paciente continue com o acompanhamento médico tradicional, inclusive para constatar a regressão da doença. Se achar conveniente, comente com seu médico que está pretendendo usar a cromoterapia e ouça a sua opinião, se não sentir-se seguro dos resultados que irá alcançar, não inicie o tratamento com a cromoterapia, pois sua mente já estará bloqueando o efeito desejado.
Carlos Roberto ( Amon Sol )

A Mente Mágica




Bruxas fazem magia e ponto final. Porém definir o que é mágica pode ser bem complicado. Nem todo mundo entende a definição de magia, até mesmo praticante discordam sobre esse tema.
Magia é a ciência e a arte de causar mudanças de acordo com o desejo. A magia possui regras e condições que permitem que ela aconteça. A magia não é uma especulação; ela é na verdade a ação de fazer algo acontecer. Você estará mudando e alterando acontecimentos naturais para servir à sua vontade.



Existem em nós três mentes mágicas:



·         A primeira é a mente consciente, essa é a mente mais conhecida para nós. Ela sente a vida de um forma linear, um acontecimento é seguido do outro.  Os acontecimentos que ficaram para trás , o que está acontecendo, que é nosso presente e os que estarão por vir, nosso futuro. Aqui é onde vc cria seus desejos, suas necessidades para sua vida, mas o inconveniente dessa mente é que ela limita nossa capacidade de processar grandes quantidades de informações ou energia, o que em resumo é a magia. Essa mente também é chamada de o “Eu intermediário”.

·         A segunda mente é a mente psíquica, é tanto a chave quanto a passagem para a passagem de nossos talentos mágicos. Essa tem a capacidade natural maior de processar energias e informações. A intuição é ativada e aprendemos a usar nossas habilidades em um grau mais amplo.
A mente psíquica também é chamada de o “eu inferior”, mas não no sentido de inferior como algo ruim, mas de se estar inconsciente ou subconsciente.
O maior feito da mente psíquica é representar o papel de intermediário entre a  mente consciente e a mente divina.

·         A terceira mente é a mente divina. É o aspecto criativo dentro de nós, conectando-se com um ser maior. Você pode chamá-lo de Deus, Deusa ou grande espírito. O eu superior pode ver onde estamos e pra onde estamos indo. Nosso eu divino nos dá informações em pequenas quantidades e revelações, que podem vir como símbolos, sonho ou sinal de intuição. No entanto essa mensagem deve ser descodificada, para poder ser entendida.




O Caminho das Bruxas



O Caminho das bruxas nem sempre é fácil de trilhar. Através das raízes da nossa história. Se você é capaz de viver com dificuldades a vida da bruxa é bastante alegre, repleta de estudos e explorações que nunca termina. O aluno precisa ser dedicado, mas também deve ter paixão pois a bruxaria está constantemente se adaptando e evoluindo, chamando para se juntar a ela pessoas criativas e desafiadoras.
É preciso está ciente dos sentimentos e conflitos internos para ser um mestre na alma de suas razões. “Curem a si mesmos. Antes de poder aconselhar outros, é preciso que você esteja ciente de seus próprios problemas”. Mais importante de tudo, a magia não é uma fuga da realidade. Uma futura bruxa deve estar totalmente fundamentada no mundo real. Nós mergulhamos no espiritual, como conhecimento interior e busca de resposta e não como fuga de responsabilidades diárias.
Uma forte ligação com a terra e com tudo que vive nela é crucial. Você se verá voltada a está próxima ao verde a todo o momento, a animais, a natureza em geral. Aqueles que buscam respostas são quase sempre levados à bruxaria, por causa da fascinação, do mistério e do pode, na esperança de uma vida mais fácil após se proclamarem bruxos. A magia é capaz de fazerem as coisas fluírem mais suavemente na vida, e a paz de espírito de uma prática espiritual proporcionam pode fazer parecer aos outros que a vida de um bruxo é perfeita. Porém nós somos pessoas e temos as mesmas esperanças, sonhos e problemas que todo mundo.
Um bruxo deve ser autoconsciente praticando alguma forma de introspecção. Pode ser meditação, rituais diários, escritas ou caminhando pela natureza. Qualquer coisa que acalme a sua mente e que lhe permita refletir sobre você e seus relacionamentos com a criação. Isto tudo estimula um desejo pelo respeito e pela auto-estima, essenciais para estudos e sucessos futuros na magia. Você precisa de práticas regulares de meditação e afirmação para alcançar a cura e o amor próprio.
Parte do respeito por si mesmo e pelo mundo é responsabilidade. Pensamentos, palavras e ações são veículos para chegar ao poder; poucas pessoas aceitam encarar a responsabilidade pelas três. Com esse desenvolvimento seus pensamentos podem se manifestar tão facilmente quantos atos e palavras é onde vc tem que ter cuidado com pensamentos prejudiciais. Se prejudicares alguém estará banido pelos deuses da bruxaria.
 Outra coisa, vc precisa manter uma prática diária de escrever tudo o que sente em um caderno, tipo diário. Três páginas no mínimo, mesmo que vc não tenha tanta coisa para escrever complete as três páginas com a frase “eu não tenho nada para escrever”. Você se surpreenderá com esse trabalho de limpeza.
Vc também precisará manter um registro mágico. Nele vc escreverá sensações vividas em rituais, trabalhos de cura e falará sobre seus sonhos.
Lembre-se de não mostrar esse registro a ninguém, a não ser a alguém que vc confie plenamente. A magia funciona melhor quando mantida em segredo. Pensar ou compartilhar de seus feitiços com outros faz a energia diminuir enquanto os deuses tentam manifestar seus desejos.
Compartilhe seus trabalhos somente com outros bruxos, isso se vc quiser, professores de bruxaria ou pessoas de mente orientada.
A bruxaria compreende 3 objetivos: Controlar a consciência, entender a real natureza do universo e de se relacionar com a força superior.
Geralmente bruxos e xamãs passam por ritos de purificação. Podemos nos purificar com rituais simples desde incensos, chamas de velas e sal e água até dieta rígidas,as vezes com jejuns por três dias na lua sombria para purificação física. Iniciações xamânicas são famosas por fazê-lo encarar e conquistar o medo da morte. Encarar seus temores, raivas, preconceitos e tristezas são uma parte do processo de introspectivo. Por último será o contado com a força superior, que é uma escolha de seu espírito. Essa força lhe guiará até você encontrar seu verdadeiro propósito na vida. Ao conseguimos compreender essa força, nenhuma porta se fecha, porque estaremos no lugar certo, na hora certa, fazendo a coisa certa sempre.

É necessário que um bruxo saiba que todo bruxo antes de se iniciar passa por um período CE estudo de 1 ano e um dia de estudo, ou seja um ano de preparo e um dia para ter certeza se é esse caminho mesmo que deseja seguir. Depois dessa confirmação acontece a iniciação. Um ato sério e sem volta que jamais poderá ser desrespeitado.



LIBERDADE PESSOAL


Os bruxos buscam a liberdade do dogma, a liberdade para pessoalmente se aprofundar nos mistérios do divino e encontrar suas próprias respostas. Pode haver recomendações e guias em cada uma das tradições, mas não existe uma bíblia oficial. Nossa bíblia é o ciclo das estações. Nossas canções são as canções da terra. Não existe nenhuma autoridade central. A experiência de outros pode nos ajudar a encontrar nosso caminho, mas fundamentalmente nós trilhamos caminhos individuais. Outros podem nos apoiar, guiar e nos confortar, mas não podem fazê-lo por nós. Nós somos nossos próprios intermediários até a Deusa e o Deus. Cada indivíduo se esforça-se para ser seu próprio clero. A magia é usada porque funciona, assim como a meditação e as habilidades psíquicas. Não precisamos acreditar cegamente porque somos guiados pela experiência. Os bruxos não simplesmente acreditam, realizam. Taís espíritos livres reconhecem que nenhuma pessoa ou religião tem a resposta. Por sermos politeístas, com alegria aceitamos outros pontos de vista sem nos sentirmos ameaçados. A maioria de nós vem de outras tradições e busca escapar do dogma. Alguns ainda sentem raiva por causa das perseguições do passado e culpam o dogma e a intolerância, mas para a grande maioria os bruxos não alimentam quaisquer opiniões contra outras religiões. Nós vivemos e deixamos viver.  
BY Alana Alencar