Siga por e-mail

Seguidores

sábado, 24 de março de 2012

ENERGIA, O PRINCÍPIO DA MAGIA



A Magia tem sido definida como a Arte de alterar os fatos conscientemente  de acordo com a nossa vontade.
Todas as religiões do mundo praticam Magia, mesmo que não admitam isso.
Um cristão quando ora, um católico quando acende uma vela em honra à um santo ou um Bruxo quando realiza um feitiço estão praticando magia, já que intencionalmente desejam modificar uma situação de acordo com o seu desejo.
A Wicca ensina que o verdadeiro poder mágico reside dentro de nós e ao nosso redor e que somos livres para usá-lo, sempre em harmonia com a natureza respeitando a Lei Tríplice e o Dogma da Arte.
Sendo assim, a Magia está em todo lugar, pois toda a natureza é mágica e cada um de nós somos partes integrantes dela. A Magia é vista também como um dos instrumentos para nos conectarmos com o Sagrado e quando usada sabiamente pode preencher nossa vida e todos ao nosso redor.

COMO A MAGIA FUNCIONA?
Tudo o que existe, inclusive nós, fomos criados pelos Deuses e se fomos criados por eles também somos divinos e possuímos poderes para tudo transformar.
A Wicca vê o homem como parte da natureza ao mesmo tempo que a considera mágica. Para nós Bruxos todos os humanos possuem habilidades mágicas natas. Elas não são consideradas sobrenaturais. Assim como a arte de pintar ou cantar se manifestam naturalmente em maior ou menor escala em cada indivíduo, as habilidades mágicas, psíquicas e extrasensoriais também se apresentarão de maneira semelhante. Muitas destas habilidades não são reconhecidas pela ciência e nem por ela podem ser explicadas, até porquê se elas pudessem ser explicadas pela ciência não seriam mágicas. Para os
Existem dois tipos de Magia comuns à Wicca:
Magia Divina: a magia provocada pelos Deuses em resposta à um desejo.
Magia Energética: a habilidade de sentir e manipular as energias encontradas no universo, na natureza e em nós mesmos.
Através de exercícios, práticas e rituais o Bruxo aprende paulatinamente a usar suas habilidades mágicas naturais, senti-la e dirigi-la condignamente.
A vida e a natureza são dirigidas através da energia. Sem energia nada do que existe no universo teria vida ou movimento. Esta força está sempre ao nosso redor e em constante movimento.
Os Wiccanianos acreditam que todos podem canalizar esta energia, que é abundante, para produzir a manifestação de um desejo, uma cura, etc.
A energia também pode ser criada através de geradores ou transformadores. Da mesma forma um Bruxo não só pode canalizar energia cósmica para dirigir a um propósito como também criá-la através de nosso gerador natural, o corpo humano, que gera energia à cada palavra, cântico, dança ou meditação realizados em um ritual.
No entanto, existem basicamente 3 itens que devem ser observados  para um desejo se manifestar magicamente quando usamos esta energia:
Vontade: para o desejo se manifestar.
Habilidade: para fazer o desejo acontecer.
Energia: que precisa ser criada ou canalizada e devidamente direcionada para o desejo.
Muitas pessoas podem achar que tudo isto é um processo muito difícil, mas na realidade é mais fácil do que podemos imaginar porque a habilidade de trabalhar a energia mágica reside naturalmente dentro de nós. No entanto ela precisa ser despertada.
Vamos conhecer alguns exercícios que o auxiliará no processo de aprendizado em sentir e saber como direcionar a energia.

SENTINDO A ENERGIA DA NATUREZA
A energia da natureza é abundante e está disponível ao nosso redor através das árvores, cachoeiras, mares, pedras, ventos, sol, lua ou qualquer outra fonte natural. Cada coisa encontrada na natureza corresponde a um ou mais elementos, possui vida e um espírito.
Os elementos da natureza são como fontes inesgotáveis de energia que quando corretamente utilizadas podem nos ajudar a curar, reenergizar e até mesmo manifestar um desejo.
As pedras são consideradas para os Wiccanianos verdadeiras baterias de energia natural. Todos podem sentir esta energia ao tocar em um mineral.
Pegue um cristal ou uma pedra comum de rio ou cachoeira e segure-a em suas mãos por alguns instantes.
Feche os olhos por um momento e sinta o peso da pedra em suas mãos. Aos poucos perceba se ela causa alguma sensação física em suas mãos ou em seu corpo. Você poderá perceber suas mãos formigarem, esquentarem, esfriarem. Esta sensação pode tomar conta dos seus braços, se espalhando pelos músculos causando até mesmo uma leve sensação de choque.
Quando atingir este estado, perceba com o olho da sua mente(imaginação) essa energia em forma de cor. Permaneça assim por alguns instantes.

DIRECIONANDO A ENERGIA
Quando tiver praticado bastante a arte de sentir a energia o passo seguinte é aprender a direcioná-la.
Se quiser você poderá utilizar a energia visualizada na pedra para promover a cura. Para isso pegue as suas mãos, que antes seguravam a pedra, e toque o local do seu corpo que precisa de cura.
Esta energia também pode ser utilizada para realizar um desejo. Quando estiver visualizando a energia da pedra como uma cor, veja-a saindo da pedra em forma de um facho de luz, que chega até uma cena que representa o seu desejo. Ao imaginar isso diga em voz alta aquilo que deseja e visualize a cena subindo aos céus até desaparecer.
Direcionar a energia também envolve dar um propósito a ela. Isto pode ser feito simplesmente verbalizando o seu desejo enquanto projeta a energia ou simplesmente visualizando uma pessoa melhorando seu estado de saúde,  sendo admitida no emprego desejado, comprando um carro novo, etc.

ALTERANDO SUA CONSCIÊNCIA
Quando relaxamos, somos levados a um estado alterado de consciência. Assim nosso consciência mundana fica suspensa por alguns minutos e nos comunicamos com o nosso subconsciente. Este é o estado perfeito para fazermos um ritual e praticarmos magia.
Isto pode parecer um pouco difícil, ou algo que levará um longo tempo mas na realidade pode ser facilmente conseguido escutando-se uma música relaxante, contemplando a chama de uma vela por alguns instantes ou sentindo o aroma purificador de um incenso.
Faça isso para alterar sua consciência nos rituais e até mesmo conseguir meditar e visualizar mais facilmente.

MEDITAÇÕES E VISUALIZAÇÕES
Ser hábil em relaxar e bloquear as interferências do mundo exterior é muito importante no trabalho mágico. Durante os rituais devemos ser capazes de visualizar em nossa mente exatamente aquilo que queremos alcançar. A prática da meditação pode ser fácil para alguns e muito difícil para outros e por isso praticar exercícios que desenvolvam sua habilidade em meditar pode ser necessário.
Diferente do que ocorre em outras religiões, nossas meditações não se baseiam no pensar em nada, procurando dissipar de nossas mentes imagens ou pensamentos. A maioria das meditações na Wicca envolvem uma visualização e isso a torna muito mais fácil, agradável e prática.
Comece a treinar sua capacidade de meditar pensando em algum objeto e tentando retê-lo em sua mente por alguns minutos. Visualize este objeto com todos os detalhes, vendo-o em seus diferentes ângulos. Aos poucos sinta o objeto usando todos os seus sentidos neste processo.
Se quiser, use uma música de relaxamento para auxiliá-lo ou faça sua meditação acompanhado pelas batidas de um tambor ou som do chocalho. Deixe o ritmo da música levar sua consciência para longe e com o tempo, não use sua imaginação somente para pensar em objetos, mas aquilo que você deseja.
A este tipo de prática meditativa damos o nome de meditação guiada, onde nossa imaginação ou voz vai dispondo várias cenas de forma que possam ser imaginadas com detalhes por nossa mente, para experienciarmos as emoções que as imagens provocam. A meditação guiada, também chamada muitas vezes de contemplação, pode nos ajudar a desenvolver e expandir nossa consciência nos colocando em contato com a Deusa.
Use a sua imaginação para criar suas meditações. Comece visualizando objetos comuns, depois aumente sua experiência visualizando um lugar da natureza e as possíveis energias que residem naquele local. Experimente visualizar os quatro pontos cardeais procurando sentir as energias da terra ao norte, do ar ao leste, do fogo ao sul e da água a oeste. Veja cenas da natureza que possam remeter sua mente aos elementos que aqueles quadrantes representam. Se desejar, poderá fazer algum pedido aos elementos e forças que se apresentarem a você em suas meditações.
A arte de imaginar é maior instrumento do Bruxo. A magia segue o pensamento e ela é uma das mais importantes ferramentas utilizadas no trabalho mágico.


 
UM POUCO MAIS SOBRE ENERGIA
)O(

Para fazer magia a energia é essencial. Sem energia não há magia.
Como dito anteriormente a força necessária para a magia está disponível em todos os lugares e coisas, mas em alguns momentos a energia pessoal será necessária para realizar alguns propósitos. Isto acontece quando precisamos fazer magia rapidamente, para as diversas necessidades básicas diárias. No entanto, isto não é uma boa idéia por que nosso reservatório de energia é limitado e o uso indiscriminado desta fonte pode levar-nos ao cansaço e até mesmo ao esgotamento físico.
Há basicamente 2 formas de restaurarmos nosso poder pessoal quando nossa fonte de energia se esgotar. Isto pode ocorrer através do descanso e da absorção energética de algum reservatório natural como uma pedra, árvore, solo, etc.
Descansar é um processo natural de recuperação de energia. Fazemos isso todos aos dias ao dormir ou ler um livro que nos dê prazer, por exemplo. Descansar é vital mas muitas vezes pode ser um método demorado de restabelecimento energético.
A segunda alternativa então é absorver energia de fontes naturais. Isto também inclui cantar, ouvir música, dançar ou praticar qualquer atividade física. Tudo o que tem energia pode nos fornecer energia: comida, água, os 4 elementos, etc.
Quando sentir que seu reservatório energético encontra-se esgotado, abrace uma árvore ou ande descalço por algum tempo, sentindo a energia pulsante abaixo dos seus pés. Sinta esta energia entrando dentro do seu corpo e restaurando sua alma e corpo. Em pouco tempo perceberá que estará completamente reenergizado.
Preferencialmente utilize uma pedra, ervas, vela ou qualquer outra fonte natural de energia para fazer magia

ATERRANDO O PODER
 )O(
 
Às vezes rituais, meditações e visualizações podem nos deixar meio “fora de órbita” por causa da energia mágica elevada ou criada que pode muitas vezes ser maior do que o necessário.
Continuar com esta sobrecarga energética pode ser muito prejudicial, causando-nos um sentimento de desconforto, dores de cabeça e outras sensações desagradáveis que podem atrapalhar nossas atividades diárias.
Por este motivo ao final de cada prática ritualística ou mágica você deve aterrar o poder.
Isto é feito facilmente sentando-se no chão e conectando-se com a energia telúrica através dos pés e mãos. Sinta o desconforto dentro de você aos poucos ser puxado para o interior da Terra como uma imã.
Permaneça neste estado por alguns minutos até se sentir forte e equilibrado novamente.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.