Siga por e-mail

Seguidores

domingo, 3 de maio de 2015

Um rosto na vela

 Poxa...quanto tempo não escrevo.
Aconteceu tanta coisa...
Bom... falamos disso em outro momento.

Esta semana ao meditar a tardinha,(horário que escolhi devido ser mais calmo aqui em casa, já que meu filho está na escola) acendi uma vela de alecrim para Nicnevin. E tive a impressão de ver uma anciã em minha vela. Tirei uma foto para vocês.
Vocês conseguem visualizar?


A vela é um símbolo dos quatro elementos: ao tocarmos sua estrutura, entramos em contato com o 
elemento terra; quando a acendemos, entramos em contato com o elemento fogo; a leve fumaça que sai 
dela nos conecta com o elemento ar e a cera derretida nos conecta com o elemento água. 
Para trazer algo para nossas vidas, escrevemos na vela do pavio para a base. Já para purificar, mandar 
embora algo, escrevemos da base para o pavio. Limpar a vela antes de um feito mágico segue o mesmo 
mecanismo. Você pode ter um óleo de purificação e outro de benção apenas para limpar e consagrar 
suas velas. Para limpar, esfregue o óleo da base para o pavio e, para consagrar, do pavio para a base. 


Magia é criação ou transformação?
Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma.



Fulano: "me prova que isso é verdade." 
Eu: "me prova que não é".
Fulano: "eu não preciso te provar nada."
Eu: "exato!!!"


O truque é sorrir e não se incomodar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.